Curvelo abre série de Conferências Regionais de Assistência Social

A cidade de Curvelo recebe nesta quinta-feira, dia 3, reunião das Conferências Regionais de Assistência Social. O encontro acontece a partir das 8h, no Cine Teatro Virgínia, e deve contar com a participação de mais de 200 pessoas.

Realizadas pelo Conselho Estadual de Assistência Social (Ceas), órgão vinculado à Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese), as conferências acontecem em 11 municípios-sede de Minas Gerais (Curvelo, Araçuaí, Divinópolis, Varginha, Juiz de Fora, Governador Valadares, Montes Claros, Paracatu, Coronel Fabriciano, Uberaba e Belo Horizonte) e se estendem até o dia 29 deste mês.

Os eventos regionais também são preparatórios para a 13ª Conferência Estadual de Assistência Social, que será realizada em novembro, em Belo Horizonte.

Esses eventos regionais, que em 2019 têm como tema “Assistência Social: direito do povo, com financiamento público e participação social”, foram precedidos pelas Conferências Municipais de Assistência Social, encontros considerados de fundamental importância para o levantamento das atuais demandas de assistência social da população dessas regiões. Na etapa municipal, inclusive, foram eleitos os delegados que vão participar dessa etapa regional, de onde sairão, também, os representantes para a Conferência Estadual.

A secretária de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese), Elizabeth Jucá, destaca a importância da realização das conferências para discussão de todas as demandas regionais e estaduais. “Este é também um momento essencial para organizarmos a Conferência Estadual de Assistência Social. Contamos com a presença de todos, sociedade civil e poder público”, enfatiza.

Neste ano, entre os eixos da Conferência Estadual estão os desafios na consolidação do Sistema Único de Assistência Social (Suas), frente aos impactos da crise financeira da União, estados e municípios; a proposta de Reforma da Previdência; a rede de proteção do Suas e a relação com os órgãos de garantia de direitos, além da democracia participativa, controle social e protagonismo do usuário do Suas – “Nada sobre nós, sem nós”.

Durante o evento estadual, ainda serão tiradas as propostas de Minas para consolidação das políticas públicas de assistência social e para o fortalecimento do Suas.

Compartilhe esta notícia nas suas redes sociais!
error: Atenção! Os textos, fotos, artes e vídeos do Mais Completo estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em quaisquer outros veículos de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. Sinta-se a vontade para compartilhar nossos conteúdos em suas redes sociais!